PROGRAMAS INTERNACIONAIS | MÓDULOS INTERNACIONAIS PARA ALUNOS E EX-ALUNOS DE MBA

» Módulo Finanças para Executivos


Resumo deste curso: Aulas presenciais. 40 horas/aula. É necessário ter graduação e passar por análise curricular.

 

Indiana é uma universidade multidisciplinar, tradicional e com várias premiações, considerada uma das melhores do centro-oeste americano. O Instituto Financeiro do Scott College Business trabalha na investigação e pesquisa de mercados financeiros e de seguro, que ajudam a entender a movimentação financeira da política e regulamentação para os próximos anos.

O módulo Internacional em Finanças para Executivos é voltado para a prática financeira das empresas norte américas e visa proporcionar aos alunos visão dos elementos básicos das finanças nos negócios, mostrando como as principais técnicas e modelos são empregadas nas rotinas corporativas dos Estados Unidos.

O curso está estruturado em estudos de caso, com base na experiência norte-americana, aulas expositivas e discussões em grupo, possibilitando a troca de experiências entre os participantes para entendimento do Mercado de Opções – CBOE; Sistema financeiro EUA x Brasil;  Fusões e Aquisições;  Análise de Investimentos; Indy 500 – Cooperação e Conflitos na Industria do Automobilismo para que obtenham uma experiência diferenciada e insights profissionais. O network também é outro diferencial, pois, dentro de sala de estarão gestores, empresários e executivos de todo Brasil com vasta experiência em suas áreas de atuação.

 

OBJETIVO
Ensinar os alunos a aplicar os elementos básicos das finances in business, mostrando como as principais técnicas e modelos são empregadas na vida corporativa dos Estados Unidos. Trata-se de uma oportunidade ímpar para discutir como as empresas não-financeiras norte-americanas administram suas finanças e captam recursos no mercado.

 

PÚBLICO ALVO
Aluno ou ex-aluno do MBA Executivo, nível Especialização da Fundação Getulio Vargas.

 

PROGRAMA

  1. Tópicos Relevantes da Economia dos EUA (Sistema Financeiro, Desenvolvimento Econômico, Aspectos Políticos e Sociais)
  2. Mercado de Opções (Visita com Aula Expositiva na CBOE)
  3. Volatilidade no Mercado de Opções (Índice VIX)
  4. Fusões e Aquisições
  5. Case Amazon – Estratégias em Mercados Emergentes
  6. Tópicos Relevantes na Gestão do Capital Humano
  7. Negociação Empresarial
  8. Cooperação e Conflito na Indústria do Automobilismo
  9. Case Indy 500 – O Negócio do Automobilismo a Indy Racing League

 

CARGA HORÁRIA
40 horas/aula.

 

INÍCIO OU PREVISÃO DA PRÓXIMA TURMA
Consulte nosso calendário clicando aqui.

 

COORDENAÇÃO
Aruna Chandrasekaran. Ph.D. em Estratégia e Negócios Internacionais, Ph.D. em Inglês e Lingüística pela Universidade Estadual de Kent e MBA International Business pela Universidade Estadual de Kent. Membro da Academy of International Business e Academy of Management. Publicou em várias revistas científicas, incluindo The International Executive, Foreign Trade Review, Marketing Management e o The International Journal of Advertising.

Pedro Carvalho de Mello. Mestre e Doutor em Economia pela Universidade de Chicago (EUA). Especialista em Finanças e Economia, formado pela Faculdade de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É professor concursado da USP/ESALQ e foi professor visitante da Universidade de Columbia (EUA). Atualmente é Coordenador da Área Internacional do FGV Management. Possui grande experiência no mercado financeiro: duas vezes Diretor da CVM, num total 6 anos, Diretor da BM&F, Diretor Técnico do IBMEC e Vice-Presidente do Pittsburg National Bank.

 

IMPORTANTE: A EduCon Educação Continuada e Carreira e FGV se reservam no direito de alterar a data de início do curso ou de cancelá-lo, na hipótese de não ser atingido o número mínimo de alunos necessários à cobertura dos custos envolvidos, sendo garantida ao aluno, sem qualquer correção, a devolução das quantias pagas. Adicionalmente, a EduCon Educação Continuada e Carreira e FGV se reservam no direito de introduzir melhorias e/ou aperfeiçoamentos no curso, podendo, para tanto, alterar seu conteúdo e/ou a ementa das disciplinas, desde que tais melhorias e/ou aperfeiçoamentos preservem o objetivo acadêmico do curso e não importem em ônus adicional para o aluno ou na redução da carga horária total.