Startup que nasceu durante aulas na FGV EAESP é vencedora do prêmio Empreenda Santander 2019

Startup que nasceu durante aulas na FGV EAESP é vencedora do prêmio Empreenda Santander 2019

Entre as 914 empresas inscritas na categoria, Rafael Belmonte, formado em 2012 em Administração de Empresas pela FGV EAESP, é contemplado com a Netshow.me, startup que fundou ainda na faculdade

Entre as 914 empresas inscritas no Empreenda Santander 2019, na categoria Startup, o vencedor foi Rafael Belmonte, formado em 2012 em Administração de Empresas pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo (FGV EAESP). Com a sua empresa Netshow.me, o ex-aluno conquistou a premiação de R$ 100 mil, além de cinco bolsas de estudos, para sua equipe, na Babson College, em Boston (EUA) e uma mentoria de seis meses na Endeavor.

 

“Essa é uma excelente oportunidade para colaborar com o crescimento da empresa. As bolsas de estudos vão ampliar os conhecimentos dos cinco membros da equipe de liderança, que ao voltar de Boston, poderão replicar o aprendizado internamente na empresa”, afirma Rafael Belmonte.

 

Belmonte ainda revela que a ideia da startup nasceu durante o sexto semestre da faculdade, junto com um colega de classe. “Nós já havíamos empreendido antes em outros projetos, mas não seguimos em frente com nenhum. A Netshow.me surgiu em 2011, por meio de um modelo de negócios que já estava rodando nos Estados Unidos e vimos que poderia dar certo no Brasil. Trata-se de uma plataforma de transmissão ao vivo focada na indústria musical. No início tocamos a empresa aos finais de semana, sem nenhum compromisso”.

 

Por dois anos e meio, Belmonte e o sócio tiveram uma passagem no mercado financeiro e deixaram a startup de lado, mas resolveram sair das empresas em que atuaram acreditando no projeto que tinha começado em sala de aula. “De 2013 até hoje mudamos muito o modelo de negócio. Agora, também ajudamos empresas e produtoras de conteúdo a distribuírem conteúdos digitais”, finaliza.

 

Em nome da FGV, o professor pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Pós-graduação, Antonio Freitas também recebeu um prêmio. “Aproveito a oportunidade para parabenizar Rafael Belmonte, a EAESP, os professores e todos os que fazem a academia FGV pelo excelente resultado”, afirma Freitas.